Arroz | Culturas | ADP Fertilizantes

Arroz

  

Arroz 

Dados Culturais

Ciclo cultural Planta anual. Os ciclos variam entre 100-115 dias para variedades precoces a 150 dias para variedades tardias.
Sistema radicular Raiz fasciculada com as raízes do centro mais compridas que as laterais.
Temperatura Temperatura média de 21-22ºC, sendo a temperatura óptima de 30ºC para a germinação, 30-32ºC para o desenvolvimento vegetativo até à floração e 32ºC para a formação do grão.
Necessidades de água Para um melhor desenvolvimento o arroz deverá manter-se inundado a maior parte do ciclo vegetativo. Tem um consumo de água bastante elevado. A água actua como regular térmico, auxilia no combate às infestantes, facilita a disponibilidade de nutriente e facilita a lixiviação de sais.
Solo Prefere os solos de textura pesada, argilosos ou franco-argilosos, que facilitem a retenção da água. pH 5.0-6.5.

Fertilização

Extracções (kg/ha) N: 100 - 175, P2O5: 35-50, K2O: 150-210, MgO: 20-30, CaO: 20-30, SO3: 12 - 37, B: 0.16-0.23, Cu: 0.14-0.19, Fe: 1.75-2,45, Mn: 1.85-2.59, Zn: 0.2-0.28.
Nutrientes secundários e micronutrientes mais importantes Magnésio, Cobre e Zinco.
Adubação de fundo Produção esperada de 7000 kg/ha

Quanto menor a fertilidade do solo maior deverá ser a adubação.       

Azoto- 30 a 40 kg/ha.
Fósforo- 30 a 100 kg/ha.
Potássio- 20 a 90 kg/ha.       

Exemplo 1: NERGETIC 20-8-10 - 150 a 300 kg/ha.

Adubação total em fundo:

Exemplo 2: NERGETIC 20-8-10 - 450 a 600 kg/ha.

Adubação de cobertura Produção esperada de 7000 kg/ha

Azoto - 60 a 70 kg/ha, fraccionar em 1 ou 2 aplicações, a primeira no início do afilhamento e a segunda no início do encanamento.

Exemplo: NERGETIC 30 ZIMACTIV - 200 a 250 kg/ha.

Notas

O azoto é fundamental para o desenvolvimento inicial das plantas, afilhamento (nº de pés/m2), encanamento, diminuição do aborto floral e maturação do grão. Tem influencia num maior ou menor afilhamento e no número de grãos. As unidades totais de azoto (N) recomendadas variam entre as 100-140 UF (unidades fertilizantes), conforme as variedades e experiência local.

O fósforo intervém principalmente no desenvolvimento radicular e no afilhamento.

O potássio tem influência na precocidade, minimiza os efeitos das deficiências hídricas e aumenta a resistência das plantas ao frio, acama e várias doenças.

O arroz é muito sensível à carência de zinco. A sua aplicação influencia significativamente a produtividade.

Unidades fertilizantes recomendadas expressas em: Azoto – N; Fósforo – P2O5; Potássio – K2O.

As doses recomendadas são para as produções referenciadas, devendo sempre ser ajustadas em função das análises efectuadas ao solo, variedades das culturas e à experiencia local na utilização de adubos.

© ADP Fertilizantes 2020 | Todos os direitos reservados