Batata | Culturas | ADP Fertilizantes

Batata

 

Batata

Dados Culturais

Ciclo cultural   Planta anual com ciclo cultural de 90 a 150 dias.
Sistema radicular   Raízes adventícias, primeiro muito superficiais (20 cm de profundidade) e depois da planta ter 30 cm, podem atingir 40-50 cm de profundidade.
Temperaturas   Óptimas para o desenvolvimento da parte aérea de 6oC a 18oC, de acordo com o desenvolvimento vegetativo. Susceptibilidade às geadas.
Fotoperiodismo   O desenvolvimento vegetativo é favorecido por dias compridos e a tuberização por dias curtos.
Solos   Texturas ligeiras ou médias. Boa drenagem. Teores elevados de matéria orgânica. pH 5.5-6.5. Solos alcalinos ou calagens antes da plantação, favorecem o aparecimento da sarna. Planta medianamente sensível aos sais do solo (salinidade máxima de 3-5 mS/cm).
Rega   Necessidade de 400 a 800 mm de água, dependendo das condições climatéricas e duração do ciclo cultural.

Fertilização

Extracções (kg/ha)   N: 100-300, P2O5:30-90, K2O: 200-450, MgO: 10-30. CaO: 10-40, SO3: 15 – 125., B: 0.1-0.2, Cu: 0.1-0.2 Fe: 0.5-2, Mn: 0.1-2, Mo: 0.1, Zn: 0.2-0.8.
Nutrientes secundários e micronutrientes mais importantes   Magnésio, Enxofre, Boro, Manganês e Zinco.
Adubação de fundo Produção esperada de 40 -50 t/ha  

Quanto menor a fertilidade do solo maior deverá ser a adubação.                 

Azoto – 60 a 100 kg/ha.
Fósforo – 100 a 180 kg/ha.
Potássio – 150 a 280 kg/ha.

Exemplo: MASTER 12 + micros – 800 a 1000 kg/ha.

Adubação de cobertura Produção esperada de 40 - 50 t/ha  

Azoto – 60 a 120 kg/ha, à primeira sacha.                 

Exemplo 1: NERGETIC 30 ZIMACTIV – 200 a 400 kg/ha.
Exemplo 2: DS+ – 250 a 500 kg/ha.

Fertilização foliar  

Até ao início da tuberização (2-3 aplicações):
PROFERTIL – 4 l/ha e/ou TECNIFOL 12-4-4 – 5-8 l/ha.       

Durante a tuberização (2-3 aplicações):
PROFERTIL – 4 l/ha e/ou TECNIFOL 3-8-11 – 5-8 l/ha.

Notas  

O azoto é fundamental para um rápido desenvolvimento vegetativo, vigor das plantas e rendimento final. O excesso de azoto, principalmente depois do início da tuberização, origina tubérculos mal formados, com baixo teor de fécula e sem poder de conservação.

O fósforo ao condicionar o número de tubérculos por planta, determina também a produção final.

O potássio tem grande influência no aumento da resistência das plantas às doenças e às condições de secura. Melhora as características dos tubérculos, nomeadamente o seu peso, tamanho e propriedades de conservação.

O micronutriente mais importante é o manganês.

Unidades fertilizantes recomendadas expressas em: Azoto – N; Fósforo – P2O5; Potássio – K2O.

As doses recomendadas são para as produções referenciadas, devendo sempre ser ajustadas em função das análises efectuadas ao solo, variedades das culturas e à experiencia local na utilização de adubos.

© ADP Fertilizantes 2020 | Todos os direitos reservados