Vinha | Culturas | ADP Fertilizantes

Vinha

 

Vinha

Dados Culturais

Dados culturais Planta arbórea, plantada com densidades de 1000 a 10000 pés/ha. Produtividade de 5 a 30 t/ha, consoante as condições edafo-climáticas, técnicas culturais e finalidade da produção (vinho ou uva de mesa).
Sistema radicular As raízes superficiais localizam-se principalmente entre os 10 e os 30cm, podendo alcançar distâncias de 3m, e a raiz principal pode atingir profundidades de 3-4m.
Temperaturas Adaptação a uma larga escala de temperaturas, de 15ºC negativos durante o repouso vegetativo até 40 ºC. O desenvolvimento vegetativo anual inicia-se aos 10-11ºC. Em climas temperados obtêm-se uvas ricas em ácidos orgânicos e teores moderados de açucares, e em climas quentes e de grande luminosidade, produzem-se uvas com características opostas.
Solos Com a utilização de diversos porta-enxertos, a vinha tem uma boa adaptação a diversos tipos de solos, inclusivamente os que têm percentagens elevadas de calcário. pH de 5.0 a 7.0. Planta tolerante aos sais do solo (salinidade máxima de 4 a 8 mS/cm).

Fertilização

Extracções (kg/ha) N: 20-80, P2O5: 10-40, K2O: 40-150, MgO: 10-25, CaO: 30-200, B: 0.04-0.2, Cu: 0.06-0.9, Fe: 0.3-1.1, Mn: 0.05-0.8, Zn: 0.1-0.6.
Nutrientes secundários e micronutrientes mais importantes Magnésio, Boro, Ferro, Manganês e Zinco.
Adubação à plantação

Quanto menor a fertilidade do solo maior deverá ser a adubação.

Azoto - 0 kg/ha.
Fósforo - 200 a 500 kg/ha.
Potássio - 200 a 500 kg/ha.

Exemplo 1: AMICOTE CV 44 (0-20-17) - 1000 a 2500 kg/ha.

Para estimular o enraizamento: TECNIFOL ENRAIZANTE – 5 a 15 ml/planta numa só aplicação juntamente com a rega.

Adubação anual de formação até entrada em produção

Vinhas correctamente adubadas à plantação (caso contrario aplicar adubos ternários).

Azoto- 4 a 10 g/planta.

Exemplo: NERGETIC 30 ZIMACTIV - 15 a 30 g/planta.

TECNIFOL ENRAIZANTE – 5 a 15 ml/planta (durante o Verão, numa só aplicação, juntamente com a rega).

Adubação anual de manutenção Produção esperada de 5-10 t/ha

Quanto menor a fertilidade do solo maior deverá ser a adubação.

Azoto - 30 a 70 kg/ha.
Fósforo - 40 a 70 kg/ha.
Potássio - 60 a 100 kg/ha.

Exemplo: MASTER 12 - 300 a 500 kg/ha.

Fertilização foliar

Várias aplicações ao longo do ciclo.

PROFERTIL – 4 l/ha, em 5 aplicações: lançamentos com 20-30 cm, lançamentos com 50-60 cm, início da floração, bago de ervilha, fecho dos cachos.
TECNIFOL VINGAMENTO – 2-3 aplicações até ao início da floração.
TECNIFOL 3-8-11 - 1-2 aplicações após o vingamento dos frutos e TECNIFOL BRIX – 1-2 aplicações no final do ciclo.

Notas

O azoto determina o vigor da cepa e a produção ao estimular o desenvolvimento vegetativo necessário à maturação da uva. O excesso de azoto poderá originar uma maturação desequilibrada e, por consequência, vinhos de pior qualidade.

A carência de fósforo não é vulgar em vinhas adultas dada a extensão do sistema radicular e as pequenas quantidades extraídas.

O potássio exerce um efeito muito positivo sobre a qualidade do fruto e do vinho, minimizando os efeitos negativos do excesso de azoto. O excesso de potássio pode induzir deficiências em magnésio.

A carência de magnésio pode ser induzida por teores excessivamente elevados de potássio no solo ou por adubações potássicas exageradas, e traduz-se por uma clorose generalizada entre as nervuras. É frequente nas regiões onde predominam solos ácidos, por exemplo a região dos Vinhos Verdes.

As carências de boro são frequentes em algumas regiões portuguesas, nomeadamente a região do Douro.

Unidades fertilizantes recomendadas expressas em: Azoto – N; Fósforo – P2O5; Potássio – K2O.

As doses recomendadas são para as produções referenciadas, devendo sempre ser ajustadas em função das análises efectuadas ao solo, variedades das culturas e à experiencia local na utilização de adubos.

© ADP Fertilizantes 2020 | Todos os direitos reservados